domingo, janeiro 14, 2007

Toco-me, em silêncio

Estou em casa... Domingo à noite, sozinha, rodeada do meu silêncio!
Ainda gosto do Rei, seria mentira se o negasse!
Ainda sinto a falta dele... não foi só o sexo fabuloso que nos manteve unidos até agora!
Fomos um casal normal, com interesses e gostos em comum, com conversas de filosofia, história, politica, filmes, literatura...
Com gargalhadas, com gozos, sei lá!
E, claro, com sexo! Muito e bom sexo!
Sinto a falta dele!
O facto de estar magoada, com uma dor profunda dentro de mim, não faz com que o esqueça mais depressa!
Tenho saudades dele...
... tenho saudades de rir com ele...
... tenho saudades de gostar dele sem reservas!
Deito-me e apago a luz! Dou algumas voltas na cama, mas o sono não chega!
Devagarinho, quase a medo, toco-me!
Sinto os meus mamilos, a minha pele suave no peito, na barriga, no interior das coxas!
Sinto o calor que a minha ratinha emana!
Fecho os olhos e esqueço que estou sozinha!
Com uma mão massajo os meus peitos e com a outra o meu grelinho!
Dispo-me! Fico nua, entre os lençois! Gosto de estar nua, de me sentir nua, sem pudores nem reservas!
Continuo com os olhos fechados, tenho a boca entreaberta, à espera de um beijo que não vem, que não existe senão na minha imaginação!
Os meus dedos exploram o meu corpo; toco-me, mexo-me, quero sentir prazer, quero sentir o meu corpo responder, quero sentir as contracções do desejo, os espasmos do prazer!
Sinto-me molhada, aberta, àvida de sexo! Introduzo os meus dedos na minha vagina para intensificar este desejo que me possui! Faço alguns movimentos com as mãos, num "entra e sai" de tesão, tentando apanhar todos os pontos que me entesam!
Por entre os meus dedos, sinto o meu grelinho inchado, duro de desejo, a estremecer ao minimo toque, ao mais pequeno roçar... As minhas unhas arranham-me um bocadinho, mas não me importo, é bom!
Continuo sem parar, oiço os meus gemidos, arqueio o corpo e o orgasmo atinge-me!
Fico sem forças, sem controle sobre mim!
As pernas estremecem, o coração bate rápido demais, a minha ratinha parece ter vida própria, é exigente, esfomeada!
Quando o prazer acalma, quando o coração começa a bater mais devagar, quando as pernas deixam de tremer... reabro os olhos... humedeço os lábios, que continuaram entreabertos à espera de um beijo que não veio... a cama estava meia revolta... lambo os meus dedos uma última vez... gosto de mim, do meu sabor, do meu cheiro...
Levanto-me e vou até à casa de banho! Penso: "um banho é capaz de me relaxar..."
E assim faço! Deixo a àgua quente lavar o meu corpo, e a minha alma! Deixo ir tudo o que quero que desapareça, pelo ralo, juntamente com a àgua e a espuma!
E depois, deito-me... e durmo!
Sei que amanhã vais ser mais um dia sem o "meu" Rei... é só uma questão de tempo até ele ir, de vez, também pelo ralo...
Beijos de Prazer!!!

19 comentários:

® Jasmin disse...

É dificil, querida, mas vais conseguir ultrapassar esta fase mais dolorosa.
Estaremos aqui para te apoiar!
beijo grande

KJ disse...

Don t be afraid of your freedom!!

Anónimo disse...

Heidi, que te falta agora? O sexo do Rei o a suaa presença, o seu sentimento, o teu, o vosso amor que afinal existia e que não admitias!! Eu tinha razão qundo te disse que te esqueceste que eras uma mulher inteira e que o rei não se contentaria só com o que lhe davas! Mas havia amor entre vocês, o que é provado pela caricia e beijo que trocavam depois de cada relação. se não houvesse, ficavam de costas um para o outro.Porém, forte como és ou pareces ser, tenho a certeza que vais encontrar outra felicidade, mas desta vez mais completa, tenho a certeza.Desejo que isso aconteça com todas as minhas forças!! tenho pena de não ser eu o felizardo, mas não pelo sexo e sim pelo que tens e podes dar mais alem dele!!
O teu amigo ADAMASTOR

zeze disse...

Oi
Passei para ver as suas palavras...Lindas,Boas e Sensuais...
Beijoka

Pai, Marido e Homem disse...

Apesar de dura, por vezes a realidade é melhor que a fantasia, neste caso pode ser dificil de encarar mas temos de mais tarde ou mais cedo enfrentar de frente e com coragem o que nos espera. Força amiga, e deixa-me só deixar este "a parte", escreves de uma maneira completamente excitante, mesmo quando se nota que estás em baixo, imagino o que será quando estás no auge !!!

Afonso disse...

Tudo passa. Feliz e infelizmente.
És sempre bem vinda... :)

Bonboca disse...

Adivinho como que deves andar a sentir...mesmo assim escreves sempre com encanto. Desejo-te força e cabeça fria para analisares a tua vida e decidires o que para ti é melhor. beijo doce

"O REI" disse...

Caro Adamastor, um dos objectivos do feliz nascimento deste Blog, foi exactamente a união que temos, tivemos, e iremos ter (esta última, ainda apenas uma ideia, uma vontade ou um sentimento de pretensão). O que sempre pretendemos na nossa relação não foi apenas sexo, obviamente (se me permite, nem duraria muito a ideia de construir um blog), sempre foi a perseguição dos nossos limites enquanto casal (sim, disse bem, porque é um conceito que se adequa). Ora, como casal, uma relação fora deste conceito, tem sempre o sabor da infidelidade. Não estou cansado, bem pelo contrário, e nem fui despertado por outro qualquer lado que não fosse explorado; o sentimento, o coração, A PARTILHA, O AMOR, sempre estiveram presentes. E algo que sempre respeitei e vou continuar a respeitar, de uma forma ou de outra, será essa “Pessoa Inteira” que o amigo quis “lembrar”.

Gaja Boa 2 disse...

Ai Heidi como vai a tua alma amiga....isso ta mau....
tem la calma que tudo se resolve
bjs

Anjo em dor disse...

Olá, sei o que sentes, também eu passei pelo mesmo, com a mudança do género, foi ela quem traiu. Acontece a muito boa gente, só não percebo porque lhe chamas rei porque o teu trono deve merecer melhor. bjs

noivo disse...

Por vezes pensar primeiro em nós não é mau! Faz-nos perceber muita coisa essencial para o relacionamento com os outros!

Voluptuosa disse...

Mais vale so do que mal acommpanhada. Bom sexo consegue-se com muita gente. * beijo força

caty disse...

Força amiga e mt coragem...e faz o que o coração ditar!!! se for esquecer e esquecer, como rainha que es mereces o melhor rei... se for perdoar tenta pelo menos...pois é preferivel arrependeres do que fizeste ou tentas-te fazer do que o que ficou por fazer ..
beijo grande com muita força da amiga cati

Nuno disse...

Pois eu acho que a "Monarquia" está para durar!
Acho que o Rei, teve um deslize grave obviamente, agravado pelo resultado que se sabe, mas enfim vcs foram feitos um para o outro...
A vida tb é isso errar, entrentar o erro e tirar consequências disso, eu sou escorpião dou-me muito mal com traições, mas tb tenho 35 anos e já sei que a vida não é preto e branco, há muitos cinzentos, e as pessoas quando são inteligentes sabem como estabelecer novas condutas e objectivos... agora não fujas nunca é doassunto! pq isso era desculpá-lo e isso ninguém merece...

Felicidades para os dois!

José Manuel disse...

A falta do Rei deve ser muita e eu compreendo-a bem porque a mim falta-me a Rainha.
No entanto, há príncipes que ainda não encontraram a sua princesa. Quem sabe se um dia em vez de uma princesa encontram uma verdadeira RAINHA!?...

Anónimo disse...

Estou perplexo!!Seria um erro teu ou estás a reeditar o "M. BUTERFLAY"? Lê bem o que me escreveste e perceberás a minha dúvida!!Se isso for verdade, ainda admiro mais a tua subtileza e sensibilidade. Imagino-te vestid.de "Gueixa",num amor sem limites, o que não deixa de me perturbar!!!
O teu amigo Adamastor!!!

Foxylady disse...

Sê mais tu e eleva-te das cinzas como a Fénix... Em todo o teu esplendor....beijo-te

Gerentes disse...

Beijos...

Ana e Jorge

afrodite_2005 disse...

Passei por aqui para ver como estavas. Deixo-te um beijinho e toda a minha amizade. Sei que vais conseguir ultrapassar esta fase má, Heidi. A vida faz-nos destas partidas. Perdoa ao teu Rei e aproveita ao máximo a tua relação com ele. Muitas vezes passamos por desgostos enormes e pensamos nessas alturas que a melhor solução é partir para outra. Mas será que é mesmo uma solução, investir novamente no que nos é desconhecido?
Perdoa-lhe, Heidi. Não deixes que essa amargura estrague uma relação tão bonita que tu tinhas com o teu Rei.
Beijinhos e desculpa a insistência.