terça-feira, novembro 21, 2006

Aconteceu de novo...

Foi uma 6ª feira surreal!...
Muitas emoções, lágrimas e sorrisos, alegria e tristeza ao mesmo tempo!
Foi um dia de mudança e as mudanças mexem sempre connosco, mesmo quando são mudanças boas!!!

Cheguei a casa já tarde, cansada e sem vontade de fazer jantar; o meu Rei chegou a seguir e improvisámos qualquer coisa para comer.
Eu sentia-me feliz com a vida nova que se perspectivava, mas ao mesmo tempo estava a precisar de “colinho”, de miminhos, enfim!... Estava meia “murchinha”…

Fomos tomar café, dar uma volta para descontrair, e regressámos a casa!

Como ambos estávamos cansados, resolvemos deitar quase de seguida; despimo-nos, lavámos os dentinhos (eh eh eh) e fomos para a cama nus!

Confesso que não sentia tesão nenhuma, nem aquele desejo habitual cheio de vontade!
Apetecia-me ficar apenas abraçada a ele, a dar e a receber miminhos e beijinhos, sentir o corpo nu um do outro apenas se tocando, roçando, pele com pele, carne com carne!...

Aninhei-me nele, entrelaçámo-nos e beijámo-nos com carinho!
Com uma calma impressionante e pouco habitual em nós, fomos deixando o desejo dos corpos tomar conta de nós!
Deitei-me de costas e ele deitou-se por cima de mim; abri as minhas pernas, em V, para que ele se pudesse encaixar; coloquei os meus braços em redor do seu pescoço e as minhas pernas enroladas nas dele!

Quase intencionalmente, senti o seu pau já duro a entrar em mim; devagarinho, carinhosamente, fizemos amor no sentido literal da palavra!

Ficámos trocando carícias, sem loucuras e sem pressas; o desejo foi nos possuindo, o prazer foi nos invadindo, os nossos corpos continuaram a fundir-se com as nossas almas!

Quando o orgasmo nos atingiu, ficámos apenas olhando nos olhos um do outro, sentindo amor puro, a chegar ao céu sem sabermos como!

Fizemos amor de corpo e alma e foi fantástico!

Adormecemos quase a seguir, abraçados como raramente acontece!
Nos braços do meu Rei, o Mundo não precisa de fazer sentido, nada mais importa senão nós mesmos!

Na 6ª feira passada, apaixonámo-nos de novo!!!

9 comentários:

libertynus disse...

bravo...comovente...assim é que é...fico eliz por vcs....

Anónimo disse...

Sabe tão bem!:..:))
bjs
Ines
http://www.adultxposure.com/inviters

Luca disse...

É tão bom sentir aquela chama... Afinal, "amor é fogo que arde sem se ver..."

cheiodetesao disse...

Heidi, gostei muito, mas mesmo muito, de ler este post!

Não pelo que ele diz, em si mesmo, mas pelo que ele revela.

Um beijinho para ti de ainda bem e dá lá cumprimentos ao teu Rei, também de ainda bem...

Afrodite® disse...

adorei... o amor é isso... traduzido em palavras... parabéns... apareça...

maestropeter disse...

gostei
muito mesmo

está impek

beijokas

noivo disse...

Está profundo, muito bom.

Lindinha disse...

Depois da festa, casa em ordem novamente. Só uma ressaca básica me acompanha. Mas faz parte!! Muita champagne...
Bem, vim aqui te avisar que já tem post novo no Decifra-me, baseado em alguns homens que passaram por lá. Conto com a tua opinião sobre o assunto, tá?
Lindo findi procê!!
Beijo no coração...

“Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

Jasmin disse...

Simplesmente lindo! :)
beijinhos