terça-feira, fevereiro 13, 2007

2 Vezes

Sábado… depois de almoço… inicio de tarde, daquelas tardes moles, que vão sem pressas!...

Já não estávamos juntos há alguns dias e a “fome” apertava!

Ele chegou, abraçou-me e beijou-me com sofreguidão! Sem descolar as bocas, fomos despindo até ao quarto!
Ele deitou-se, de barriga para cima e senti o seu caralho já duro, crescido e a “chamar” por mim!

Prendi-lhe os pulsos com as minhas mãos e debrucei-me sobre ele! Engoli-o de imediato, até quase me engasgar com aquele caralho cheio na minha garganta!
Chupei, estrafeguei, mordisquei até… ele estava a ficar louco de tesão e senti que se iria vir! Parei!!!! Claro… não queria que o gozo dele fosse assim tão rápido e imediato! A espera deveria valer a pena!...
Ajoelhei-me (a minha cintura já não aguentava muito mais tempo estar debruçada sobre ele, de cu espetado e a baloiçar para um lado e para outro…) e abocanhei-o de novo!
Adoro sentir a palpitação do caralho dele na minha boca!... A posição em que estávamos permitia que, ao chupar, a cabecinha dele roçasse toda no céu da minha boca! Sentia-o entrar e sair, roçar na minha língua, no céu da boca, entrar quase até ao limite da minha garganta!... E, quase sem aviso, ele veio-se para mim! O leitinho dele tinha um sabor quente, mas “metálico”, talvez derivado ao tempo que tinha passado desde a última vez!...
O orgasmo dele foi intenso, quase “animal”, descontrolado! Senti-o apertar as minhas mãos, torcer-me os dedos, sair e entrar de novo no próprio corpo!
Alguns segundos depois, enquanto eu ainda o saboreava, ele levantou-se e trocámos de posições!...

Deitei-me na cama e ele segurou-me pelos pulsos! As minhas pernas, abertas, eram um convite descarado para a minha ratinha húmida, palpitante já de tesão!

A língua dele brincou com o meu grelinho… Beijou-me na cona como beija na boca: os lábios dele envolveram-me, a sua língua desafiou o meu grelo, penetrou em mim como quando se intromete na minha boca, brincando, explorando, saboreando-me!

Lambeu-me toda… cada buraquinho, cada preguinha, cada polpinha de carne… lambeu, chupou, mordiscou… fez-me vir, doida de tanto prazer! Contorci-me com a tesão que me dominava e isso fez com que a minha ratinha ainda se intrometesse mais na boca dele! Tive um orgasmo intenso, uma explosão de prazer que mal consigo descrever!...

Ele deixou-me respirar até recuperar a serenidade… o meu coração abrandou o ritmo… eu sentia-me em paz com ele e com o mundo!

Quando fiz intenção de me levantar, ele parou-me!
Voltou a segurar-me as mãos e comeu-me de novo!

O 2º orgasmo, potenciado ainda pelos resquícios do 1º, foi ainda mais intenso!
Não sei se me comeu por mais 5 segundos ou 5 minutos… só sei que perdi a noção do tempo e, quando me vim de novo para ele, foi sublime! Sei que gritei com o prazer que explodiu de dentro de mim! O meu corpo parecia que estava com uma descarga eléctrica, incapaz de controlar qualquer movimento, qualquer reflexo…

Não sei quando “regressei a mim”…
… recordo apenas o beijo que me deu a seguir, ainda com o meu gostinho… uma delícia!

Deitámo-nos lado a lado, apenas tocando as mãos e os pés, ainda “eléctricos” com o prazer…

O 2º dele e o meu 3º… ficaram para mais tarde!...

13 comentários:

Perguntador disse...

Um regresso, e com muita "fome" como seria de esperar, eheheh!

Dark Red disse...

HUmm... as fodinhas da tarde são sempre tão saborosas. Se tiver um dia de sol então ainda melhor.
Há lá coisa melhor que uma boa sessão de sexo com o quentinho na nossa pele.

Anónimo disse...

Quando a espera dá nisto, vale a pena. Vale bem a pena. Fico feliz por ti.
Beijos,

Ana

Sexhaler disse...

É assim mesmo, quando os orgasmos são... "demais!", as palavras são sempre "de menos" para os descrever!

Gostei muito, mas aposto que gostaste mais! ;)

Não me recordo se já tinha comentado antes, mas sou uma visitante assídua deste espaço. Se assim mo permitires voltarei mais vezes.

Beijo

Noivo disse...

Que intensidade....ufa...

Afonso disse...

por isso é que alguns países ainda mantêm a monarquia... e viva o rei! :D

Cris disse...

Muito bem! Boas experiencias como sempre!!
Beijos Cris

http://cenasmaradasde1gaja.blogs.sapo.pt

Laura disse...

Belíssimo Heidi querida,
Tardes lânguidas e esses orgasmos, difíceis de descrever.
Muiiitos beijos

Gaja Boa 2 disse...

é uma pena que duas almas que fodem com tanta paixão estejam separadas....isso com o rei tão tem um final feliz???
desejo-te boa sorte nessa relação. química assim não é fácil de encontrar.
bjs

Charmoso disse...

Hummm.. as tuas palavras cheiram a tesão!

Sutra disse...

:P
os 2ºs e 3ºs foram pelo resto do tempo ;-)

Beijo doce

Anónimo disse...

excelente descrição de puro prazer!

não deixem de visitar (e comentar) (n)o meu novo blog:
http://donodecasa.blog.pt/

cris disse...

ja li reli bues vezes... nem imaginas...